Recentes

sábado, 28 de abril de 2018

Propriedades do cardo santo

Cardo santo (Carduus benedictus, Cnicus benedictus, Centaurea benedicta, Calcitrapa lanuginosa)

Nome popular: Cardo santo
Outro nome: Cardo-bento
Nome científico: (Carduus benedictus, Cnicus benedictus, Centaurea benedicta, Calcitrapa lanuginosa)
Família: Compostas
Origem: Ásia e Europa

Propriedades e apresentação:

O cardo santo é uma planta de 30 a 40 centímetros. Possui haste ramosa, lanuginosa, avermelhada. Suas folhas decorrentes, sinuadas ou dentadas, espinhosas. Flores amarelas, em calátides.

Emprego e utilização da planta:

Empregado na forma de chás e loções.

Uso medicinal:

O cardo santo é indicado nos seguintes tratamentos: Afecções do útero, amenorreia, asma, blenorragia, catarros, coqueluche, mau funcionamento do estômago, febres intermitentes, gota, gripe, hidropisia, hipocondria, icterícia, resfriados, reumatismo.

Para estes fins, usam-se chás em dose normal. Exteriormente usa-se também o cardo, em dose de 50 gramas ou mais em 1 litro de água, para loções no tratamento de abscessos, chagas, contusões, feridas, furúnculos, etc.

Parte usada:

Haste e folhas preferivelmente frescas.

Cuidados e prevenção:

Alguns cuidados devem ser tomados ao fazer uso desta planta porque pode provocar queimaduras na boca, esôfago, vômitos e diarreia.

Fonte de pesquisa: As Plantas Curam, Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.



Nenhum comentário:

Postar um comentário