Recentes

domingo, 20 de maio de 2018

Propriedades da Cocleária

Cocleária (Cochlearia officinalis L.)

Nome popular: Cocleária
Outros nomes: Cochlearia, Cocleária
Nome científico: (Cochlearia officinalis L.)
Família: Brassicaceae
Origem: Europa

Propriedades e apresentação:

A cocleária é uma planta herbácea, de 10 a 20 centímetros de elevação. Sua haste são erecta, ramosa, angulosa, glabra, verde. Possui ramos erectos, elevando-se todos quase à mesma altura.

Suas folhas algo carnudas, lisas, luzentes, verde-escuras; as caulinares são sésseis, oblongas, angulosas ou lobadas, abarcantes; as radicais são largamente pecioladas, côncavas, mais ou menos cordiformes na base.

As flores são brancas, pedunculadas, dispostas nas extremidades dos ramos em cachos corimbiformes. Cálice de 4 sépalas; corola de 4 pétalas, uma ou duas vezes mais compridas que as sépalas, obovais.

O fruto é uma síliqua oval, elíptica, bivalvar, bilocular, contendo uma ou duas sementes.


Emprego e utilização da planta:

A cocleária também pode ser comida em saladas, de mistura com outras ervas.

Uso medicinal:

Trata-se de uma planta de excelente valor antiescorbútico. Nas afecções escorbúticas da boca, mastigam-se as folhas para firmar as gengivas. Fazem-se também bochechos com o suco das folhas.

O suco é empregado internamente, não só no escorbuto, mas também nos ingurgitamentos ganglionares e viscerais, nos catarros pulmonares com abundantes secreções dos brônquios, na asma, na hidropisia que pode vir em seguida às febres intermitentes, nas enfermidades crônicas da pele.

Esta planta só deve empregar-se fresca, porque, seca, é quase nula no seu valor curativo.

Parte usada:

Folhas frescas.

Dose:

Normal.

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.



Nenhum comentário:

Postar um comentário