Recentes

sábado, 28 de julho de 2018

Propriedades do Pequi

Pequi (Caryocar brasiliense Camb)

Nome popular: Pequi
Outros nomes: Pequiá-bravo, piqui, pequi
Nome científico: (Caryocar brasiliense Camb)
Família: Caryocaceae
Origem: Brasil

Propriedades e apresentação:

O nome pequi vem do tupi (py= espinho e ki= fruto, ou seja, fruto cheio de espinho) e tem variações regionais e pessoais, na escrita e na fala.

Trata-se de uma planta originária do Brasil, nas regiões do Cerrado. Árvore de aproximadamente 10 (dez) metros de altura com tronco tortuoso e cascas ásperas e rugosas.

Possui folhas pilosas formadas por 3 (três) folíolos com as bordas recortadas e flores grandes, amarelas, que surgem durante os meses de setembro a dezembro.

Seu fruto possui polpa de coloração amarela intensa e envolve um caroço duro e formado por grande quantidade de pequenos espinhos.

Frutifica de agosto a abril, dependendo da região. O período de produção contínua do pé é em torno de três a quatro meses.

Seu plantio é feita por sementes ocorre na estação chuvosa. Prefere climas quentes sendo ideais as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil.

O desenvolvimento das mudas é lento. Cada planta fornece em média 6 (seis) mil frutos ao ano.

Contém: glicídio, proteínas, lipídios, carboidratos, proteína, ferro, vitaminas A, B1, B2, C e Niacina.

Tabela Nutricional do Pequi (Caryocar brasiliense Camb)


Emprego e utilização da planta:

A amêndoa possui grande potencial para alimentação, comercialização e para produção de óleo.

A polpa é utilizada para extração do óleo, mas também na produção de geleias, doces, licores, cremes, sorvetes, farofas, pamonha, ração para porcos e galinhas.

Uso medicinal:

Usado na medicina popular no tratamento da asma, coqueluche, bronquites e resfriados.

Utilizados também por alguns raizeiros como afrodisíaco e tônico.

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.



Nenhum comentário:

Postar um comentário