Recentes

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Boldo - Suas propriedades terapêuticas


Nome popular: Boldo, Falso-boldo, Boldo-brasileiro, boldo-silvestre
Nome científico: (Plectranthus barbatus Andrews)
Família: Labiatae (Lamiaceae)
Origem: Índia

Propriedades e apresentação: 

O boldo vem a ser um arbusto aromático perene, de ramos eretos e sub-lenhosos, que atinge de 1,0 a 1,5m de altura.

As folhas são ovado-oblongas, pilosas e grossas com bordos denteados.

As flores de coloração azulada crescem em racemos (espigas) que surgem na estação chuvosa.

Combate eficazmente a insônia, a má digestão, a flatulência (ventosidades), a falta de apetite, as dores reumáticas e o nervosismo.

Emprego e utilização da planta: 

O suco das folhas frescas de boldo é usado para as dores de ouvido, colocando algumas gotas na parte dolorida.

Ademais, faz desaparecer as manchas do rosto proveniente das enfermidades hepáticas.

Uso medicinal: 

Utilizado em casos de distúrbios do sistema digestivo e nervoso, doenças hepáticas e dentárias, anti-inflamatória, antifúngica, antibacteriana, asmas, bronquites, pneumonias e outras doenças respiratórias, reumatismo, hidropisia , afecções da pele, sífilis, blenorragia, etc., da muito bom resultado um cozimento forte de folhas de boldo em banhos ou pedilúvios.

Cuidados e prevenção:

Devemos ter alguns cuidados quanto ao uso exagerado desta erva, pois pode provocar irritação da mucosa do estômago, se usado em doses muito elevadas.

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário