Recentes

domingo, 17 de novembro de 2019

Erva cidreira - Suas propriedades terapêuticas

Erva cidreira (Melissa officinalis L.)

Nome popular: Erva cidreira
Nome científico: (Melissa officinalis L.)
Família: Lamiaceae
Origem: Ásia, Índia

Propriedades e apresentação:

Erva de efeito calmante, digestiva. Também conhecido como capim-catinga, capim-cheiroso, capim-cidrão, capim-cidrilho, capim-cidreira, capim-cidró, entre outros.

A Erva cidreira (Melissa officinalis L.), conhecida como erva-cidreira verdadeira pertence à família Lamiaceae, é de origem asiática e europeia e foi introduzida no Brasil há mais de um século, sendo atualmente cultivada em todo o país.

Toda a planta exala odor semelhante ao do limão, que se torna mais intenso depois que a planta seca.

Esta espécie é utilizada popularmente para controlar crises nervosas, taquicardia, melancolia, histerismo e ansiedade.

Emprego e utilização da planta:

Suas folhas são utilizadas para chá e condimentos e seu óleo essencial é largamente
utilizado pela indústria farmacêutica por possuir atividade antioxidativa, antibiótica, antifúngica, antibacteriana e sedativa.

A melissa é uma planta que prefere climas temperados e não resiste a geadas e vento frio, se adapta melhor a lugares parcialmente sombreados, não tolerando calor excessivo (Lorenzi & Matos, 2002).

Uso medicinal:

O chá preparado com esta planta, apresenta bons resultados nas afecções gástricas, problemas de nervos, câimbras intestinais, desmaios, debilidade orgânica, reumatismo, dores de cabeça, epilepsia, enxaqueca, histerismo, espasmos, má circulação do sangue, palpitação do coração, resfriados, tosses, inflamação dos olhos, diarreias do sangue, dores, auxiliar no tratamento da caxumba, problemas de estômago, fígado e intestino.

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário