Recentes

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Hortelã - Suas propriedades terapêuticas

Hortelã (Mentha piperita L.)

Nome popular: Hortelã
Outros nomes: Hortelã-pimenta, menta
Nome científico: (Mentha piperita L.)
Família: Labiatae (Lamiaceae)
Origem: Europa

Propriedades e apresentação:

É uma planta de aproximadamente 30 a 60 centímetros, ligeiramente aveludada. Haste erecta, quadrangular, avermelhada, ramosa. Ramos erectos e opostos. Folhas opostas, curtamente pecioladas, oval-alongadas, lanceoladas ou acuminadas, serreadas, algo pubescentes.

Flores violáceas, numerosas, curtamente pedunculadas, reunidas em verticilos separados e formando, na extremidade das hastes, espigas obtusas, curtas, ovoides, assaz cerreadas, munidas de brácteas na base.

Cálice gamossépalo, tubuloso, de 5 dentes quase iguais. Corola gamopétala, infundibuliforme: limbo de 4 lobos, sendo o superior algo maior. O fruto é constituído por 4 aquênios.

Emprego e utilização da planta:

Colher após ter saído o orvalho, secar na sombra, fazer o chá com partes, tomar 1 pequeno cálice antes das refeições.

Alternar o tratamento por alguns dias e repetir a dose.

Uso medicinal:

Na hortelã estão reunidas, em elevado grau, as propriedades antiespasmódicas, carminativas, estomáquicas, estimulantes, tônicas, etc.

Prescreve-se a hortelã como remédio na atonia das vias digestivas, flatulências, timpanite (especialmente a de causa nervosa), cálculos biliares, icterícia, palpitações, tremedeiras, vômitos (por nervosidade), cólicas uterinas, dismenorreia.

Eficaz contra os catarros das mucosas, já porque favorece a expectoração, já porque combate a formação de novas matérias a expulsar.

Aplica-se o sumo embebido em algodão para acalmar as dores de dente. Crianças com vermes intestinais, administra-se um chá de hortelã, para libertá-los dos parasitas que as atormentam. As mães que amamentam devem tomar este chá, para aumentar a secreção de leite.

Há também outras espécies de hortelãs (Mentha veridis, Mentha crispa, etc.), cujas propriedades medicinais são idênticas às da mentha piperita.

A hortelã é usada para tratamento do amarelão, espasmos, gases intestinais e estomacais.

Também melhora a menstruação e tem poderes analgésicos. Quando usado externamente combate o reumatismo.

Fonte de pesquisa: As Plantas Curam, Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário