Recentes

sábado, 24 de outubro de 2020

Laranja - Suas propriedades terapêuticas

Laranja (Citrus sinensis Osbeck)

Nome popular:  Laranja
Outros nomes: Laranja, laranjeira
Nome Científico: (Citrus sinensis Osbeck)
Família: das Rutáceas
Origem: Ásia

Propriedades e apresentação:

A laranja é irmã do limão. Com isto queremos dizer que são quase iguais, embora não possuam as mesmas propriedades, pois a laranja tem algumas que faltam ao limão.

Por isso, não é por acaso que é recomendada por todas as partes, até pelos médicos alopatas, que aconselham a seus pacientes tomar bastante suco de laranja.

Isto é muito satisfatório para os naturalistas, pois o reconhecimento das propriedades medicinais dessa fruta é muito benéfico para a saúde dos seres vivos.

Atualmente se sabe que a laranja, depois do limão é a fruta mais rica em vitaminas.

E esta é a razão do seu grande poder curativo em diversas enfermidades.

Nas pesquisas científicas que se farão no futuro, provavelmente serão encontradas ainda mais vitaminas na laranja.

Enquanto o limão é uma fruta que se pode ser ingerida junto com qualquer outro alimento (inclusive verduras), com a laranja acontece justamente o contrário.

A laranja se aplica bem a seguinte indicação:

Frutas e verduras nunca devem ser comidas juntas. Como a laranja é muito mais agradável de chupar do que o limão, aconselha-se aos estimados leitores que nunca se esqueçam de incluí-la na sua alimentação diária.

O melhor é chupar as laranjas na época do ano em que há mais abundância, ou seja, quando a natureza as oferece frescas nas árvores.

Esta indicação é válida para todas as frutas, especialmente quando são utilizadas para realizar uma cura, pois assim se conseguem duas vantagens: primeira, porque nessa época o valor curativo e nutritivo das frutas é completo; e a segunda, porque é possível comprá-las em grandes quantidades, obtendo um preço mais baixo.

A laranja exerce uma influência muito benéfica em todo o organismo, principalmente no cérebro e nos nervos, devido a que, ademais das vitaminas, contém diversos sais minerais: cálcio, ferro, potássio, magnésio, fósforo, carbonatos, etc.

Todos estes elementos, de grande valor para o organismo, fazem da laranja um meio curativo universal, semelhante ao limão.

Portanto, a laranja pode ser empregada com toda a segurança em quase todas as doenças.

Para entusiasmar os prezados leitores a consumir mais laranjas e fazer a cura com esta fruta, afirmamos positivamente que a laranja nunca prejudica.

Pelo contrário, a laranja, ademais de combater inúmeras doenças, elimina as substâncias nocivas acumuladas no organismo devido a uma alimentação errônea e um regime de vida antinatural. E muitas vezes a laranja faz isto sem que o homem o perceba.

Se as pessoas compreendessem a maravilhosa e benéfica tarefa que essa fruta realiza no corpo humano, curando diversos distúrbios orgânicos de maneira muitas vezes imperceptíveis, então beberiam mais suco de laranja em lugar das tão prejudiciais bebidas alcoólicas.

Emprego e utilização da planta:

Além de ser uma fruta de excelente sabor, a laranja também é utilizada na indústria de bebidas e alimentos, como na fabricação de sucos, doces, bolos, sorvetes, geleias, nas indústrias têxteis, papeleiras e indústria farmacêutica, etc.

Uso medicinal:

Entre as muitas enfermidades que a ciência descobriu que podem ser curadas pela laranja, mencionamos as seguintes: debilidade mental, marasmo (fraqueza extrema), doenças dos nervos, da boca, dos dentes, da garganta e da traqueia, catarros de todas as espécies, hemorragias das gengivas, reumatismo, gota, palidez, insônia, prisão de ventre, escrofulose, tuberculose, enfermidades dos rins, e do fígado, obesidade, cálculos biliares, palpitações, cãibras, dores de cabeça, enxaqueca, tifo, difteria, tumores, inchações de qualquer espécie, diabete, falta de apetite, má digestão, enfermidades do coração, envenenamento do metabolismo, doenças da pele, tosse, raquitismo, debilidade corporal, inflamação dos intestinos, epilepsia, hemorroidas, acidez estomacal, etc.

Ademais, a laranja regulariza a secreção das glândulas salivares, fortifica e regulariza os sucos gástricos, diminui o tamanho do ventre anormal (tornando assim desnecessário o uso de faixas e cintos abdominais, que não são agradáveis nem saudáveis), combate a flatulência (ventosidades), as dores estomacais e as enfermidades do pâncreas, favorece o trabalho do piloro, acalma e cura doenças dos intestinos delgado e grosso, da bexiga e da próstata, e também é muito eficaz nas enfermidades do aparelho genital feminino (ovários e útero), etc.

Não há dúvida de que a laranja, devido ao seu excelente conteúdo de muitas substâncias curativas, depuradoras e vivificantes, ajuda de modo especial na expulsão das impurezas corpo. Portanto, a laranja cura ou alivia as enfermidades causadas pela acumulação de toxinas.

O efeito depurativo, desintoxicante e diurético da laranja é inegável nas doenças dos rins, do fígado, da pele, do baço, da bexiga, dos pulmões, do coração, das glândulas de secreção interna, do estômago, da cabeça, etc.

As crianças recebem da laranja as substâncias necessárias para o desenvolvimento do cérebro e a boa formação dos ossos e dos dentes, como também de um sangue puro. Por esta razão, a cura de laranja é um dos melhores remédios para a piorreia.

A laranja é uma fruta especial para os estudantes e todos aqueles que trabalham mentalmente, pois, devido ao seu conteúdo de fósforo (até 11%), desenvolve, fortifica e purifica os nervos do cérebro.

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário