Recentes

domingo, 8 de setembro de 2019

Pepino - Suas propriedades terapêuticas

Pepino (Cucumis sativus L.)

Nome popular: Pepino
Nome científico: (Cucumis sativus L.)
Família: Cucurbitaceae
Origem: Índia

Propriedades e apresentação:

O fato de que muitas vezes o pepino seja considerado um alimento dificilmente digerível e que produz vômitos, deve-se a que as pessoas não conhecem a maneira correta de consumi-lo.

O pepino nem sequer deve ser preparado, mas sim comido ao natural, bem lavado e sem sal.

O uso de sal e vinagre é que torna o pepino um alimento de difícil digestão.

Geralmente, um pouco antes das refeições o pepino é temperado com sal, que penetra nas suas células e assim o torna tão indigesto como o couro.

O sal não deve ser utilizado nos alimentos crus, e nos pratos vegetarianos cozidos se deve usar pouco sal.

A pimenta e outros temperos fortes devem suprimir-se totalmente, por serem prejudiciais a saúde.

Quando o pepino é descascado, perde muito do seu valor nutritivo e terapêutico, porque precisamente na casca estão os sais minerais e as vitaminas.

A fim de aproveitar bem estas substâncias indispensáveis para o corpo humano, o pepino deve ser comido cru, fresco e de boa qualidade.

Emprego e utilização da planta:

Para preparar a salada, corta-se o pepino em fatias bem finas e, em lugar do sal, tempera-se com suco de limão.

Também se podem acrescentar fatias de tomate, cebolas e outras verduras e hortaliças.

A salada se deve preparar imediatamente antes da refeição, porque os pepinos (mesmo sem temperá-los com sal) são difíceis de digerir quando são preparados muito tempo antes de serem consumidos.

Também é conveniente preparar primeiro os outros ingredientes e acrescentar os pepinos só na hora da comida.

Os pepinos conservados em vinagre, sal e pimenta são prejudiciais para o corpo humano, pois dessa maneira suas valiosas substâncias são destruídas, perdendo seu valor curativo e nutritivo.

Recomendações:

É aconselhável acostumar as crianças a comerem pepinos bem lavados e sem descascar.

Como o pepino tem um gosto agradável e é um alimento fortificante e saudável, pode comer-se nas refeições como se fosse um pedaço de pão.

O suco de pepino auxilia o bom funcionamento de todo o organismo.

Devido ao seu abundante conteúdo vitamínico, o pepino é muito indicado para afecções da pele.

A fricção da casca de pepino no rosto, amacia e embeleza a cútis.

Portanto o pepino é um verdadeiro cosmético natural.

Uso medicinal:

O pepino é muito eficaz nas úlceras estomacais e neutraliza a acidez do estômago, do sangue e da urina; ademais, é laxante e combate as inflamações do estômago e dos intestinos.

Os que sofrem da próstata devem abster-se de comer pepino, e os enfermos das vias urinárias devem consumi-lo com muita prudência, pois irrita o aparelho geniturinário.

Comer o pepino cru com pão integral ou batatas constitui uma excelente combinação para os que sofrem de artrite e gota, e para depurar o fígado.

Quando se prepara uma salada de pepino, o suco não deve desperdiçar-se, pois contém uma boa parte de vitaminas e sais minerais.

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário