Recentes

sábado, 5 de setembro de 2020

Goiaba - Suas propriedades terapêuticas


Goiaba (Psidium guajava L.)

Nome popular: Goiaba
Nome Científico: (Psidium guajava L.)
Família: das Mirtáceas
Porte: alcança até 6 metros de altura
Origem: América Tropical

Propriedades e apresentação: 

Com grande valor nutritivo, a goiaba é uma das mais fortes representantes do complexo de vitamina “C”, assim como o tomate, limão e laranja.

Por isso mesmo, é importante no combate às infecções, hemorragias e cicatrização de cortes e queimaduras.

Possui ainda vitamina “A”, que é excelente para a visão, crescimento e para a pele.

Sua porcentagem de vitamina “B1”, ajuda o músculo cardíaco.

Emprego e utilização da planta:

Além do tratamento causal específico, seu uso é recomendado na convalescênça de doenças infecciosas e em casos de fraqueza e cansaço, provocado por doenças crônica, e  indicada para pessoas de todas as idades.

E o melhor é que tem restrições em várias dietas.

Uso medicinal:

Indicada para problemas de hipertensão, excesso de colesterol, arteriosclerose, tabagismo: "a grande quantidade de vitamina C que se encontra na goiaba é de grande importância para os que estão seguindo um tratamento de desintoxicação tabagista, já que essa vitamina tua como um antagonista da nicotina"; duas ou três goiabas diárias constituem uma sobremesa recomendada para os que estão deixando de fumar, esgotamento físico: "a goiaba tem efeito tonificante sobre o organismo".

Cuidados e prevenção:

Elas devem ser evitadas por quem possui aparelho digestivo delicado, ou tenha problemas das mucosas da boca, como infecções, principalmente quando usada em gargarejos.

Seu período de safra vai de janeiro a maio.

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Imagem: de Suanpa por Pixabay
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário