Recentes

sábado, 29 de agosto de 2020

Ipê roxo - Suas propriedades terapêuticas

Ipê roxo (Tabebuia impetiginosa)

Nomes populares: Ipê-roxo, Ipê-mirim, Ipê-roxo-da-mata, ...
Nome científico: (Tabebuia impetiginosa)
Família: Bignoniaceae
Origem: América do Sul

Propriedades e apresentação:

A árvore do Ipê-roxo é alta chegando a atingir até 12 metros de altura e tem como característica as flores tubulares arroxeadas.

A substância com propriedades terapêuticas é encontrada na casca.

O ipê-roxo, também conhecido por pau d’arco, é muito usado no Brasil, tanto pela madeira durável e bonita como pela casca medicinal poderosa.

O ipê-roxo possui flores muito bonitas. Na floração, as copas ganham um lilás inesquecível e as pétalas caem como se fosse chuva na floração.

A árvore pode chegar até 40 metros de altura e atingir um rodo de 4,5 metros.

O ipê-roxo tem ampla distribuição na terra firme das matas tropicais do Brasil; no Acre é considerado uma espécie rara, pois ocorre em baixas densidades.

Estudos ecológicos sobre ipê-roxo, indicam que os atuais níveis de extração de madeira colocam essa valiosa espécie em risco.

Emprego e utilização da planta:

Do ipê é extraído uma madeira de alta qualidade, pesada, muito utilizada na construção civil,  na fabricação de mourões, embarcações e carvão.

A madeira de ipê-roxo também é utilizada na fabricação de pisos de madeira, na forma de tacos e tábuas.

Uso medicinal:

O Ipê-Roxo é tido como um poderoso auxiliar no combate a determinados tipos de tumores cancerígenos.

É usado também como analgésico e como auxiliar no tratamento de doenças estomacais e da pele.

No passado, foi largamente utilizado no tratamento da sífilis. 

Antibiótico natural, ficou famoso por suas propriedades analgésicas e anticoagulante é ainda indicado em casos de bronquite, asma e arteriosclerose.

A casca contém quantidades variáveis de lapachol e outras substâncias químicas com propriedades farmacológicas.

Além disso, é muito utilizada na medicina doméstica contra inflamações, tumores, alergias e como cicatrizante.

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Imagem: de Nathalia Cristina G Ribeiro Nathy por Pixabay
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário