Recentes

domingo, 9 de agosto de 2020

Cacau - Suas propriedades terapêuticas


Cacau (Theobroma cação L.)

Nomes populares: cacau, cacau-da-bahia, cacau-do-brasil, cacau-verdadeiro, chocolate, cacaueiro, cação-forasteiro, massaroca, vagem de cacau.
Nome cintífico: (Theobroma cação L.)
Família: Malvaceae
Origem: Américas Central e Sul

Propriedades e apresentação:

Originário das florestas tropicais das Américas Central e Sul, incluindo a Amazônia brasileira. As primeiras evidências do consumo de cacau datam de milhares de anos.

No México fazia-se a cultura com tal Intensidade, não somente porque os Chimimecas e seus principais sucessores, os Toltecas e os Aztecas (a cujo dialeto nahuati pertence à palavra chocolati, hoje universalizada), usavam as sementes para a fabricação de tão preciosa quão saborosa bebida (somente o imperador Montezuma tinha diariamente em sua mesa 50 vasos de ouro contendo chocolate), como porque ainda as tornou moeda.

O cacaueiro, é uma árvore de médio porte, às vezes chega até 10 metros de altura, com exceção do cacau-do-peru (Theobroma bicolor), que é o dobro em altura do nosso Theobroma cação).

Folhas: suas folhas são longas e pendentes, com até 30 centímetros de comprimento.

Flores: as suas flores são brancas, amarelas ou róseas, reunidas em grupos, saindo diretamente do tronco.

Fruto: o fruto com mais de 20 centímetros de comprimento, pesa até 1 kg, possui casca dura, com coloração que varia do amarelo-esbranquiçado até o vermelho-escuro.

Seus frutos pendem ao longo do tronco, às vezes em duplas.

A sua polpa é de cor branca agridoce, fibrosa e suculenta, envolvendo as sementes escuras.

Emprego e utilização da planta:

Na cosmética a manteiga de cacau, obtida na indústria farmacêutica pela moagem das sementes da planta, produz bons resultados quando empregadas nas asperezas da pele causadas pelo frio e nas rachaduras dos lábios e dos bicos dos seios.

Uso medicinal:

Utilizado nas convalescenças como alimento energético, ataques anginosos, estimula as funções do aparelho urinário, combate às nefrites, é empregado nas fraquezas orgânicas e no esgotamento físico.

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário