Recentes

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Quássia - Suas propriedades terapêuticas

Quássia (Quassia amara).

Nome popular: Quássia
Nome científico: (Quassia amara)
Família: Simarubáceas
Outros nomes: Quássia-amarga, quássia-de-caiena, pau-de-surinã
Origem: Brasil

Propriedades e apresentação:

Descrição: arbusto de uns 3 metros de altura. Casca cinzenta. Lenho branco amarelado.

Folhas: alternas, compostas de três ou cinco folíolos sésseis, oblongos, ponteagudos, glabros, inteiros. Pecíolo comum, alado.

Flores: escarlates, em cachos.

Fruto:  semelhante ao do cafeeiro.

Uso medicinal:

Indicada na blenorragia, cálculos do fígado e dos rins, debilidade do estômago, dispepsia, espermatorreia, flatulência.

Prepara-se por maceração. Põem-se 5 a 6 gramas de casca ou raiz em 1 litro de água.

Deixam-se repousar durante alguns dias, até que a água fique bem impregnada dos princípios ativos da planta.

Toma-se uma pequena xícara entre uma e outra refeição.

Quando se trata de diarreia, escusado é dizer, suspendem-se as refeições até que a diarreia passe.

As raspas, de molho em meio litro de água quente (pequena infusão), durante meia hora, são indicadas contra o oxiúro.

Uma hora antes, porém, deve tomar-se uma lavagem de dois litros de água meio morna, em que se tenha dissolvido uma colherada de sal de cozinha.

Parte usada:

Casca e raiz.

Fonte: As plantas curam.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário