Recentes

sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Castanha do Pará - Suas propriedades terapêuticas

Castanha do Pará (Bertholletia excelsa)
Imagem: de Adriano Gadini por Pixabay
Nome popular: Castanha do pará
Outros nomes: Castanheira, castanha-do-pará, castanha-verdadeira, castanha-do-brasil, etc.
Nome científico: (Bertholletia excelsa)
Família: Lecythidaceae
Origem: Floresta Amazônica

Propriedades e apresentação:

Conhecida fora no nosso país como Castanha do Brasil, faz muito bem para a saúde.

Rica em nutrientes como ácidos graxos, vitaminas B e E, proteína, cálcio, fósforo e magnésio, ajuda a afastar doenças do coração, prevenir o câncer, retardar o envelhecimento precoce, entre outras doenças.

A castanha do pará é benéfica para os rins e o fígado, e muito útil na diarreia das crianças, árvore, árvore de porte magnífico e dimensões notáveis.

Essas castanhas são comestíveis, muito saborosa e de elevado sabor alimentício.

Emprego e utilização da planta:

A castanha é muito usada para a confecção de confeitos, recheios, coberturas de bolos, além de doces diversos.

Quando frescas fornecem o leite usado na preparação de vários pratos típicos na cozinha paraense.

Rica em gorduras, proteínas, fibra, vitamina A, B1, B2 e C, cálcio, fósforo e ferro. Possui 14% de proteína, 13% de carboidratos e 69% de gordura.

A proporção de gorduras saturadas, 41% de monoinsaturadas e 34% de poli-insaturadas.

Uso medicinal:

Utilizada no tratamento da  anemia, figado, hepatite, desnutrição e na prevenção do câncer (cancro).

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita ao seu médico de confiança é fundamental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário