Recentes

sábado, 3 de outubro de 2020

Camu-Camu - Suas propriedades terapêuticas

Camu-camu (Myrciaria dubia)

Nome Popular: Camu-Camu
Nome científico: (Myrciaria dubia)
Família: Myrtaceae
Origem: Região Amazônica

Propriedades e apresentação:

Pertencente a mesma família da goiaba e da jabuticaba, o camu-camu é uma espécie silvestre que ocorre predominantemente ao longo das margens de rios e lagos.

Trata-se de um arbusto (ou pequena árvore), disperso em quase toda a Amazônia, encontrado no estado silvestre nas margens dos rios e lagos, geralmente de água preta.

Esta planta pode permanecer submersa  por quatro a cinco meses estando em seu habitat natural.

Frutifica entre os meses de novembro a março.

Em terra firme, onde o camu-camu tem demonstrado boa adaptação, a floração ocorre durante praticamente o ano todo, sendo que os menores índices de produção ocorrem entre os meses de abril a julho.

Fruto de aspecto arredondado, de coloração avermelhada quando jovem e roxo escura quando maduro.

Sua polpa aquosa envolvendo a semente de coloração esverdeada.

Sua frutificação ocorre nos meses de novembro a março, período da colheita, quando as frutas estão maduras, apresentando coloração vermelha escura.

Seus frutos são globosos, entre 10 a 32 mm de diâmetro, de coloração vermelha escura ou rósea e roxa escuro quando no estágio final de maturação.

Devida a elevada acidez, estes dificilmente são consumidos na forma natural.

Emprego e utilização da planta:

Na Amazônia peruana, onde é bastante consumido, é utilizado para o preparo de refresco, sorvete, picolé, geleia, doce, licor, ou para conferir sabor a tortas e sobremesas.

A grande importância do camu-camu como alimento é devido ao seu elevado teor de vitamina C (2606 mg por 100g de fruto), superior ao encontrado na maioria das plantas cultivadas.

Pelo seu elevado teor de vitamina C e Fibras, existe um costume na região de tomar o suco da fruta para prevenir gripes e resfriados.


Uso medicinal:

Indicado no tratamento do câncer da próstata, stress, câncer da mama, fortalece o sistema imunológico, etc.

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita ao seu médico de confiança é fundamental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário