Recentes

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Propriedades da Physalius

Physalius (physalis Angulata)

Nome popular: Physalius
Outros nomes: Physalis (Europa e América do Norte), Uchuva (Colômbia), Saco de bode (Brasil)
Nome científico: (physalis Angulata)
Família: Solonácea do gênero Physalis
Origem: Colômbia e Brasil (Amazônia e Região Sudeste)

Propriedades e apresentação:

A physalius vem a ser uma fruta de sabor adocicado muito versátil. Contém um alto teor de vitaminas A, C, fósforo e ferro. Contém flavonoides, alcaloides e fitoesteróides, alguns recém descobertos pela ciência.

A planta é considerada arbustiva e rústica e pode atingir dois metros de altura. As folhas são aveludadas e triangulares, enquanto o talo principal é herbáceo e piloso.

A fruta constitui-se em uma baga carnosa, em forma globosa, com diâmetro que oscila entre 1,25 e 2,50 cm e peso entre 4 e 10 g. Cada planta produz aproximadamente 2 a 3 kg de frutas por safra (LIMA, 2009).

O cultivo dessa frutífera é uma linha da economia agrícola com boas perspectivas para o mercado nacional e internacional.

Isso se justifica pelo elevado conteúdo nutracêutico da fruta e pela possibilidade de incorporação da espécie nos cultivos orgânicos (VELASQUEZ et al., 2007).

Além disso, a consumo destas frutas, consequentemente incrementando também o seu cultivo (CHAVES et al., 2005).

Uma espécie de grande valor nutricional e econômico que está sendo incorporada nos plantios de pequenas frutas é a Physalis peruviana L.

Esta se caracteriza por produzir frutas açucaradas e com bom conteúdo de vitamina A, C, ferro e fósforo, além de apresentar inúmeras propriedades medicinais (CHAVES, 2006).

A planta é considerada arbustiva e rústica e pode atingir dois metros de altura. As folhas são aveludadas e triangulares, enquanto o talo principal é herbáceo e piloso.

A fruta constitui-se em uma baga carnosa, em forma globosa, com diâmetro que oscila entre 1,25 e 2,50 cm e peso entre 4 e 10 g.

Cada planta produz aproximadamente 2 a 3 kg de frutas por safra (LIMA, 2009) REF.- ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/108653/1/RUFATO-Cultura-Physalis.pdf

Tabela Nutricional da Physalis (physalis Angulata)


Emprego e utilização da planta:

Utilizada no preparo de sucos, geleias, compotas, sorvetes, saladas de frutas, molhos para salada e carnes, tira gosto na degustação de vinhos.

Uso medicinal:

Na medicina popular a physalis é conhecida por purificar o sangue, fortalecer o sistema imunológico, aliviar dores de garganta e ajudar a diminuir as taxas de colesterol.

A população nativa da Amazônia utiliza os frutos, folhas e raízes no combate à diabete, reumatismo, doenças da pele, bexiga, rins e fígado.

A planta tem sido estudada também por fornecer um poderoso instrumento para controlar o sistema de defesa do organismo, diminuindo a rejeição de órgãos transplantados (JARDIM DE FLORES, 2010), sendo utilizada na medicina popular no Nordeste brasileiro em tratamentos caseiros de reumatismo crônico, problemas renais, de bexiga e do fígado, como também sedativo, antifebril, antivomitivo e para doenças de pele (MATOS, 2000).

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.



Nenhum comentário:

Postar um comentário