Recentes

sábado, 3 de novembro de 2018

Cipó-chumbo - Suas propriedades terapêuticas

Cipó-chumbo (Cuscuta umbellata)

Nome popular: Cipó-chumbo
Outros nomes: Cipó-dourado, fios-de-ouro, xirimbeira, cuscuta, cipó-chumbo
Nome científico: (Cuscuta umbellata)
Família: Convolvuláceas
Origem: Brasil (Mata Atlântica e cerrado)

Propriedades e apresentação:

O cipó-chumbo vive sempre às custas de outras plantas, destruindo-as.

Seus caules finos e volúveis trepam sobre qualquer vegetal vizinho, separam-se da raiz e ficam vivendo à custa daquele de que se apoderaram.

Compõem-se de vergônteas lisas, esverdinhadas às vezes, quase sempre amarelas, sem folhas, com feixes de flores pequenas e arredondadas, brancas, ou trigueiras.

Uso medicinal:

É adstringente, estomáquico e diurético. Usa-se para combater as diarreias sanguinolentas, as hemoptises, a icterícia.

Nas afecções da garganta e nas anginas, fazem-se gargarejos com o cozimento desta planta.

O suco fresco desta convolvulácea é muito útil na amigdalite e na rouquidão.

Seca e reduzida a pó, aplica-se sobre as feridas e úlceras para as cicatrizar.

Parte usada: Toda a planta

Dose: Normal.

Fonte de pesquisa: Livros diversos e biblioteca pública.
Texto meramente informativo. Sua visita periódica ao seu médico de confiança é fundamental.




Nenhum comentário:

Postar um comentário